Estrela de “Cats” Quer Fazer Medicina

4 03 2010

A partir desta semana, Sara Sarres vai ingressar em uma maratona frenética. A atriz se dividirá entre as apresentações do musical Cats, que estreia na quinta-feira (4), e o cursinho preparatório para o vestibular.

Há seis meses, Sara decidiu prestar medicina, fez cursinho e conseguiu passar para a segunda fase dos vestibulares mais concorridos do País: a Fuvest e a Vunesp. “Todo mundo diz que eu sou doida, mas eu amo estudar. Estou feliz por enquanto, resta saber se eu vou aguentar”, disse ela, em entrevista exclusiva ao Terra.

Quem lê o currículo de Sara, não imagina como alguém que já protagonizou os dois maiores espetáculos musicais do mundo (O Fantasma da Ópera e Les Misérables) trocaria esse universo glamuroso pelos corredores de um hospital ou uma sala gelada de uma clínica. “A instabilidade da profissão do ator nos faz querer nos proteger por outros meios. Eu faço o que amo, ser atriz de musicais é a minha primeira escolha da vida, mas a maneira como esse meio funciona é difícil”, afirmou.

Até o dia 30 de março, Sara tem endereço obrigatório de quinta a domingo: o Teatro Abril. Há cinco anos, o teatro virou a sua segunda casa. Quando dava vida à Christine de O Fantasma da Ópera, ela passava mais tempo no teatro do que em casa. Foi lá também que ela retomou a parceria com Saulo Vasconcelos, seu amigo dos tempos de Brasília, com quem também dividiu palco em Les Misérables, de 2001.

Em Cats, eles voltam a atuar juntos. “O Saulinho é um irmão que a vida escolheu para mim. Ele me ajuda muito e é o meu maior crítico”, disse ela. Vasconcelos também é só elogios quando fala de Sara. “Me dá toda a tranquilidade do mundo ter uma pessoa como ela ali. Como o teatro é a nossa segunda casa e o elenco é a nossa segunda família, é bom ter sua melhor amiga ali, nunca se sabe quando você vai precisar“, afirmou ele.

E não é só Saulo e Sara que dominam a atenção em Cats. Paula Lima, uma novata no ramo dos musicais teatrais, chegou para aprender e ensinar. “Ela é uma querida, a gente dá muita gargalhada nos bastidores. Ela tem me ajudado muito, trocamos figurinhas. Eu falo sobre musicais e ela sobre a indústria fonográfica. Estou super feliz de tê-la como companheira de palco”, falou Sara.

Acostumada com a rotina pesada de ensaios e cerca de sete espetáculos por semana, Sara se surpreendeu com a exigência física que Cats requer do artista. “É o espetáculo mais difícil que eu já fiz. O grau de dificuldade está tanto na coreografia quanto na duração. Os atores ficam 2h40 como um felino, com o corpo sempre em contração, ficamos ajoelhados ou rolando no chão. Cada dia eu encontro um hematoma diferente no meu corpo”, disse.

A relação de Sara com o musical Cats começou muito do convite para para o papel da gata Jellylorum surgir. “Há um ano eu fui adotada por um gatinho. Era uma madrugada de chuva e eu ouvi um miado que foi ficando fraquinho. Quando vi, tinha um gato todo molhado na frente de casa. Eu nunca fui fã de gatos, mas resolvi ficar com ele até o dia seguinte, quando eu poderia levá-lo ao veterinário. Nisso, me apaixonei. O Zé foi a minha maior escola para o Cats”, contou.

Fonte: Terra Arte e Cultura (por Ana Carolina Moura)


Ações

Information

2 responses

4 03 2010
Gaél

A Sara Sarres manda bem em qualquer coisa. Tenho certeza que também se dará muito bem em Medicina, como aconteceu com o André Fusko, marido da Amanda ACosta que além de ator também fez medicina!

É isso aê!!!

29 03 2010
Lucas

Sou aluno de Medicina em Sampa e fã de teatro, sobretudo musical!
Espero em breve ter a Sara como colega!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: