Fantasma da Ópera Comemora 22 Anos

29 01 2010

Desde a sua estréia em 26 de Janeiro de 2010, o musical “O Fantásma da Ópera” arranca lágrimas de todos que assistem a esse clássico musical e completa 9,149 apresentações no mesmo teatro (Majestic Theatre).

O musical foi inúmeras vezes transposto para os palcos e para a telas de cinema, quando fez um estrondoso sucesso, principalmente entre o grande público. A primeira versão para o cinema foi em um filme mudo e em preto-e-branco, realizado em 1925, pelos estúdios da Universal, com Lon Chaney no papel de Fantasma.

Seguiram-se outras versões igualmente populares, incluindo a da década de 40, dirigida por Arthur Lubin, e com Claude Rains no papel-título. Em 1962, o estúdio inglês Hammer produziu a sua versão, numa adaptação com enfoque mais humano e trágico do personagem. Destaque também para a versão rock-musical de 1974, dirigida por Brian De Palma e estrelada por Paul Williams, intitulada como O fantasma do paraíso. Já no teatro, há o célebre musical da Broadway escrito por Andrew Lloyd Webber, considerada a maior atração teatral de todos os tempos.

Em 2004, foi novamente encenado para o cinema, dirigido pelo renomado diretor Joel Schumacher e com Gerard Butler na pele do fantasma, Emmy Rossum como Christine e Patrick Wilson Raoul, fechando o triângulo amoroso.

O Fantasma da Ópera foi indicado ao Oscar em três categorias. O filme custou 96 milhões de dólares, sendo o mais caro filme independente já feito. Depois de pronto, a Universal comprou os direitos autorais dessa versão. Os US$96.000.000 saíram do bolso do próprio Andrew Lloyd Webber.

No Brasil ficou em cartaz por quase 3 anos no Teatro Abril como Saulo Vasconcelos no papel título e Sara Sarres/Kiara Sasso como alternantes de Christine. O papel de Raoul foi feito por Nando Prado, que atualmente ensaia para o papel título do musical Jekyll & Hyde.

Anúncios




Novo Fantasma Assombra Londres

27 11 2009

Em Novembro o ator David Shannon assume o papel título do espetáculo “Fantásma da Ópera” em West End.

David era o substituto de Ramin Karimloo, que deixou o musical para trabalhar em sua próxima atuação em “Love Never Dies”. 80% do elenco da produção londrina foi substituido em Setembro devido a rotatividade de artistas no final do ano.

Antes de assumir o papel de Fantasma, David atuava como Jean Vajean em Les Misérables no Queen’s Theatre. Em 2001 foi indicado para o Olivier Award pela performance em Beautiful Game.

O nome real do ator é David Greenway, ele mudou seu sobrenome quando descobriu que já existia um artista com o mesmo nome (simples não?!). Iniciou sua carreira fazendo musicais amadores na Irlanda.

Musicais importantes de sua carreira:
Les Miserábles (Jean Valjean)
Miss Saigon (Chris)
Phantom of The Opera (Raoul)
Sweeny Todd (Sweeny Todd)
Cats (Rum Tum Tugger)
Martin Guerre (Guillaume)
Grease (Danny)
South Pacific (Joe Cable)

Site Oficial: http://www.davidshannon.co.uk